MILLE MODAS

MILLE MODAS

sábado, 21 de maio de 2011

Município de Primavera terá fabrica de cimento do Grupo Votorantim

A votorantim é o maior grupo cimenteiro do Brasil e uma das 10 maiores do mundo

Primavera terá fabrica de Cimento Votorantin (POTY) - O governador Simão Jatene recebeu em audiência, no último dia 7 de fevereiro, diretores do grupo Votorantim. Os executivos foram comunicar oficialmente o novo governo sobre o investimento que a empresa fará no município de Primavera, região nordeste do Estado.


Com investimento previsto em R$ 400 milhões, o projeto envolve a instalação de uma fábrica de cimento com capacidade para produzir um milhão de toneladas por ano. No primeiro encontro formal com o governador Simão Jatene, os diretores informaram que o projeto está em fase de licenciamento ambiental e que o EIA-RIMA já foi apresentado à Secretaria de Estado de Meio Ambientem (Sema).


Durante a implantação do projeto - prevista para durar 18 meses - serão gerados 1.200 empregos. Na fase de produção, o empreendimento vai gerar 200 empregos diretos e 300 indiretos. A audiência pública acontecerá na segunda quinzena de março.

Grupo Orsa quer parceria do Estado em Plano de desenvolvimento regional

Uma reunião entre o governador Simão Jatene e o presidente do Grupo Orsa, Sergio Amoroso, na manhã desta segunda-feira, 7, deu início à consolidação de uma parceria para implantação de um modelo de desenvolvimento regional na área do Projeto Jari. Jatene recebeu de forma positiva a proposta levada pelo presidente do Grupo. "Modelos de negócio que apresentam questões ambientais, sociais e econômicas interessam ao Governo por terem o condão de aliar desenvolvimento e equilíbrio", afirmou o governador.


Sergio Amoroso disse que o governador pediu agilidade para a apresentação do Plano de Negócios. "Falamos neste momento em tese. Agora vamos partir para as coisas objetivas, de formatação das idéias e posterior apresentação ao Governo do Estado, o que deve acontecer até março", revelou.


O modelo de manejo que envolve a comunidade local apresenta planos de fomento com o desenvolvimento de várias cadeias produtivas, uma delas a de castanha. Amoroso explicou que a parceria com o Governo do Estado se faz necessária porque envolve questões ambientais e fundiárias. "Nos colocamos à disposição do governo para desenvolver esse modelo de gestão e transformá-lo em referência. O governador mostrou-se bastante receptivo à idéia , inclusive nos cobrou um certo dinamismo para resolver essas questões de forma objetiva", afirmou o presidente do Grupo Orsa.


Amoroso disse que o desenvolvimento regional na área do Jarí passa por vários aspectos, tendo como ênfase a produção da celulose. Os investimentos envolverão recursos na ordem de 3 bilhões de dólares, com geração de emprego e renda na região. Participaram também da reunião o secretário de Estado de Governo, Sergio Leão, e o gerente de Relações Institucionais do Grupo Orsa, Augusto Praxedes Neto.
Janise Abud – Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário