MILLE MODAS

MILLE MODAS

quinta-feira, 24 de abril de 2014

AOS PARENTES E AMIGOS DA VITIMA DO CIDENTE NA BR 316

CARO DANILO JARDIM O amigo Gladio Gomes passou no local do acidente e me passou a informação, peço desculpas aos parentes e amigos da vitima pelo inconveniente, mas reitero que, o meu único objetivo é sempre passar informações. Entendo a dor da família pelo seu entrequerido, mas eu estou fazendo apenas o seu papel de informar.

Blog do Odecy Guilherme

"Gordinho" é eliminado com 2 tiros na cara



Policiais militares da 12ª Zona de policiamento (Zpol) encontraram o corpo de um homem com perfurações de bala, em uma área de mata, na periferia da cidade de Castanhal, nordeste do Estado. A vítima teria sido atraída para o local sem saber que seria assassinada. Segundo a polícia, o crime teria sido motivado pelo tráfico de entorpecentes.

Foi por volta das 20 horas de segunda-feira dia 21, feriado de Tiradentes, que a guarnição do cabo Amarildo recebeu a informação pelo 190 (Ciop), de que havia um corpo jogado ao meio do mato no bairro Pantanal. A viatura 0508 se deslocou até o endereço e de acordo com informações do soldado Santana, o homem identificado pelo nome de Daílson Santos dos Santos, vulgo "Gordinho", 28 anos, levou dois tiros no rosto e morreu próximo de um açude.
        
"Ele era traficante e segundo relatos de parentes, ele tinha uma divida com uma traficante de nome Andréia, que já tinha ameaçado de morte o Daílson por várias vezes, inclusive um dia antes do crime", contou o soldado Santana. Ainda segundo o militar, no dia da execução, uma pessoa, não identificada, ligou para o telefone celular de Daílson pedindo para que ele fosse buscar drogas no bairro Pantanal, mas chegando ao local "Gordinho" foi assassinado com dois tiros no rosto.
       
A Polícia Civil descarta a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) já que a motocicleta da vítima, uma Broz vermelha, não foi roubada. Investigadores da Divisão de Homicídios trabalham para tentar localizar a pessoa que seria traficante e que estaria ameaçando de morte Daílson Santos dos Santos.

Blog do Odecy Guilherme

Texto e foto: Tiago Silva

Castanhal: homossexual é assassinado pelo próprio companheiro




Um homossexual foi brutalmente assassinado a pauladas e a facadas pelo próprio companheiro dentro de uma casa localizada em um bairro periférico da cidade de Castanhal, no nordeste Paraense. O assassino ainda tentou apagar as evidências do crime lavando a casa com água e sabão, mas as pancadas foram tão violentas que gotas de sangue mancharam as paredes. Após tentar esconder o cadáver dentro do banheiro, o assassino fugiu e está sendo procurado pela polícia.
O corpo de Valdemir Marques de Sousa, 38 anos, foi encontrado em estado de decomposição dentro de sua casa, situada na Rua Z, nº 12, no conjunto Bibiana II, área do Bairro Jaderlândia. Na manhã de terça feira dia 22, ao sentir a falta do amigo, outros homossexuais foram até a residência de Valdemir e não o encontraram com vida. Foi horrível, desde sexta-feira ele não aparecia. E amigos decidiriam ir até a casa dele. Bateram na porta, chamaram pelo nome dele, mas ninguém respondia. Perceberam que fedia muito dentro da casa e então resolveram olhar pelo balancim do banheiro e encontraram o corpo.
Um vizinho de Valdemir contou que durante o dia de sexta-feira santa dia 18, presenciou uma discussão entre o suspeito e a vítima. "Olha, eles brigaram muito na sexta-feira. Eles gritavam, xingavam um ao outro e depois ouvi um deles dizer assim -'Não me ameaça, não me ameaça não viu? Se não você vai ver do que sou capaz'- depois escutei barulhos de móveis arrastando e como se alguém estivesse sendo agredido. Depois não ouvi mais nada, foi silencio total", contou o vizinho, que também preferiu o anonimato.
Outros moradores da rua Z contaram à polícia que após a briga presenciaram o suspeito lavando a casa com água e sabão e ao mesmo tempo ingeria bebida alcoólica ouvindo musica em alto volume. "Aquele barulho já estava me incomodando. Eu ia até pedir para ele baixar mais o volume, mas ele era muito agressivo e mal educado; fiquei com medo dele tentar uma confusão comigo também", informou uma vizinha. Ainda de acordo com a vizinhança, depois de lavar a casa, o acusado trancou a porta e foi embora.
       
Após a descoberta do cadáver, as policias civil e militar foram acionadas para impedir a entrada de curiosos no imóvel. Uma tia da vítima contou ao cabo PM Pina que o autor do bárbaro crime teria sido um homem identificado apenas pelo prenome de Mateus, que seria ex-presidiário. "Esse Mateus era companheiro da vítima. A tia do morto nos contou que o Mateus é perigosíssimo, inclusive já havia cumprido pena no presídio pelo crime de assassinato. A vítima foi morta dentro do quarto e arrastada para o banheiro", repassou o militar.
       
O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado para o local. O odor estava tão forte que foi preciso peritos do IML usar mascaras apropriadas para adentrarem no imóvel e realizarem a remoção do cadáver em decomposição. Segundo um dos peritos, a vítima teria sofrido agressões provocadas por faca e pedaços de madeira. "O corpo está em decomposição e a priori não dá para verificar se a vítima foi agredida por facadas ou pauladas", disse com muita pressa um dos peritos.
       
O acusado do assassinato de prenome Mateus seria natural do Distrito de Outeiro, local para onde teria fugido após a prática do crime. Investigadores da Divisão de Homicídios já têm em mãos a foto e o nome do principal suspeito e, segundo o delegado Temmer Khayat, é questão de tempo para que o assassino seja localizado e preso.

Blog do Odecy Guilherme
Texto e fotos: Tiago Silva





quarta-feira, 23 de abril de 2014

Mais um acidente na BR 316




Foto DIG Diário de Noticias


Um acidente na BR 316. Segundo informações o fato aconteceu por volta das 22 horas desta Quarta Feira dia 23, entre os municípios de Castanhal e Santa Maria do Pará, as proximidades do Celeiro, no nordeste paraense.

O condutor do carro modelo Gol, de cor prata, estaria trafegando no sentido Santa Maria do Pará/Castanhal, e estava sendo conduzido por Yan Carvalho. Funcionário do Banco Bradesco.

O veiculo vinha de São Miguel do Guamá e ia com destino a Castanhal quando colidiu contra um caminhão carregado de botijão de oxigênio que vinha no sentido castanhal/ Santa Maria, o condutor do Gol ficou preso as ferragens, a Polícia Rodoviária Federal, foi acionada para controlar o transito o Grupamento do Corpo de Bombeiros de castanhal foi chamado para retirar a vitima das ferragens, que foi socorrida e levada ainda com vida para um hospital da região.

Blog do Odecy Guilherme

Fonte Gládio Gomes

Câmara aprova regulamentação das guardas municipais

Foto: arquivo O Liberal

O plenário da Câmara aprovou nesta quarta-feira dia 23 projeto que regulamenta a criação e o funcionamento das guardas municipais, permitindo o uso de arma de fogo nos casos previstos no Estatuto do Desarmamento. A proposta segue para análise do Senado.

O texto final aprovado é de uma subemenda do relator pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, deputado Fernando Francischini (SDD-PR). De acordo com a proposta, a guarda municipal não pode ter efetivo superior a 0,5% da população do município, referida no censo ou estimativa oficial do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se houver redução da população, fica garantida a preservação do efetivo existente, o qual deverá ser ajustado à variação populacional.

O exercício das atribuições dos cargos da guarda municipal vai requer capacitação específica, com matriz curricular compatível com suas atividades, com duração mínima de: 480 horas para o curso de formação para ingresso na carreira; 80 horas para o curso de aperfeiçoamento anual; e 100 horas de curso específico para acesso à progressão na carreira. A criação da guarda municipal, guarda metropolitana e de fronteira deverá, no entanto, ser aprovada por lei municipal dos municípios envolvidos.

Blog do Odecy Guilherme

Fonte ORMNews

Praia é lugar de CARROS ou de BANHISTAS?

Foto: Praia é lugar de CARROS ou de BANHISTAS?

Em 2010, os promotores Benedito Wilson Sá e Edson Cardoso ingressaram com representação solicitando providências ao Ministério Público do Pará para que nenhum veículo percorresse as areias da praia do Atalaia, em Salinas, nordeste paraense. No último domingo (20), a jovem Paula Gemaque foi vítima de um acidente entre um veículo e um quadriciclo, no qual ela estava como carona. Paula sofreu ferimentos graves e acabou tendo a perna parcialmente amputada.

Na época, o pedido dos promotores foi justamente motivado pelos inúmeros acidentes na praia. O próprio promotor Edson Cardoso teria sido vítima de um acidente provocado por uma menor de idade no Atalaia.

O MPE havia designado o serviço para um promotor de Salinas, que agiria em conjunto com Wilson Sá, para que trabalhassem na ação proibindo definitivamente a circulação de veículos nas praias do município. “A demanda criminosa praticada na praia e os crimes contra o meio ambiente são pontos que estarão relatados em nossa ação. A praia está ficando intransitável, não dá para continuar do jeito que está”, ressaltou o promotor ao DIÁRIO, em 2010.

Matéria do DOL - Diário On Line

Foto: Google/Carlos Macapuna

Em 2010, os promotores Benedito Wilson Sá e Edson Cardoso ingressaram com representação solicitando providências ao Ministério Público do Pará para que nenhum veículo percorresse as areias da praia do Atalaia, em Salinas, nordeste paraense. No último Domingo dia 20, a jovem Paula Gemaque foi vítima de um acidente entre um veículo e um quadriciclo, no qual ela estava como carona. Paula sofreu ferimentos graves e acabou tendo a perna parcialmente amputada.

Na época, o pedido dos promotores foi justamente motivado pelos inúmeros acidentes na praia. O próprio promotor Edson Cardoso teria sido vítima de um acidente provocado por uma menor de idade no Atalaia.

O MPE havia designado o serviço para um promotor de Salinas, que agiria em conjunto com Wilson Sá, para que trabalhassem na ação proibindo definitivamente a circulação de veículos nas praias do município. “A demanda criminosa praticada na praia e os crimes contra o meio ambiente são pontos que estarão relatados em nossa ação. A praia está ficando intransitável, não dá para continuar do jeito que está”, ressaltou o promotor ao DIÁRIO, em 2010.


Blog do Odecy Guilherme

Matéria do DOL - Diário On Line/ Foto: Google/Carlos Macapuna

ATRASADOS IMPEDEM REALIZAÇÃO DE SESSÃO NA CÂMARA DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ



Não é a primeira vez que o presidente daquela casa de leis, vereador Paulão, encerra uma sessão por falta de quorum na câmara de São Miguel do Guamá. Às nove horas em ponto do dia de hoje o presidente encerrou a sessão já que poucos vereadores se encontravam em plenário. Enquanto alguns estavam zanzando nos corredores, outros em seus gabinetes e os mais atrasados batendo papo em frente da câmara. A vereadora Irá chegou até chamar a atenção do presidente de que estava dentro do horário, apontando para um relógio que fica atrás da mesa diretora que estavam com os ponteiros informando 8 horas e 57 minutos, portanto, faltando três minutos para o prazo final dado pelo presidente. Com a negativa de Paulão de que o relógio “não prestava” a vereadora ameaçou tirar o relógio da parede, sendo repreendida pelo presidente. Depois foram chegando os atrasados que tentaram se reunir com o presidente em seu gabinete para a realização da sessão, em vão.
Nos corredores daquela casa alguns vereadores resmungavam dizendo que a atitude do presidente seria em retaliação a vereadores que reclamavam que o presidente, num passado recente, nunca começava a sessão no horário. Quem precisou tratar de seus afazeres extra câmara, saiu de “fininho” rezando para que o presidente não voltasse atrás.
Os vereadores atrasados resolveram radicalizar: vão entrar com um projeto na câmara para descontar dos subsídios dos vereadores as faltas não justificadas durante o mês.

POVO RECLAMA

Quem estava nas galerias da câmara de vereadores ficou perplexo com a confusão que foi o encerramento da sessão por falta de quorum. Eram muitas as justificativas para não chegar ao plenário no horário, o que não convenceram as dezenas de pessoas que estavam no local, maioria da zona rural. “Esses vereadores tem uma sessão por semana (quatro por mês) e ainda chegam atrasados? É por isso que o município está como está”, era o comentário de indignação que se escutava no local.


Blog do Odecy Guilherme
Fonte Blog Pautando Noticia