Milli Modas

Milli Modas

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Acidente deixa vitima fatal na PA 242

Acidente deixa vitima fatal na PA 242

Madeira ilegal é apreendida em municípios do nordeste do Pará




Uma carga de madeira equivalente a uma área maior que 70 campos de futebol foi apreendida nos municípios de Paragominas e Tomé-Açú, no nordeste do Pará.

Os 2,9 mil m³ de madeira serrada e em toras foram obtidos por meio de atividades ilegais de desmatamento e foram flagrados durante ação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) realizada no mês de agosto. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (2).

Segundo a Semas, a madeira apreendida envolve aproximadamente 50 espécies diferentes. Três empresas, duas sediadas em Tomé-Açú e uma em Paragominas, estão envolvidas com as atividades ilegais.

No primeiro município foi constatado que as madeireiras tinham mais cargas do que o saldo informado no Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora), além de estocarem espécies diferentes das declaradas.

No segundo município em questão, a secretaria identificou a falta de movimentação no Ceprof desde 2014 por uma madeireira e enviou equipes até o local para averiguar se havia alguma movimentação física, quando constataram o ilícito ambiental.

As empresas foram autuadas e serão suspensas no Sistema de Cadastros de Consumidores de Produtos Florestal (Ceprof) e, assim, impedidas de comercializar produtos de origem florestal. Os trabalhos de fiscalização estão sendo intensificados pela Semas desde o início do ano.

G 1 Pará

JOVEM É FLAGRADO COM ARMA DENTRO DE FESTA EM INHANGAPI




Darley Ribeiro da Silva, de 19 anos, foi detido após ter sido flagrado em poder de uma arma de fogo municiada. Ele curtia o “Festival do Açaí”, no município de Inhangapi, no nordeste paraense, quando foi abordado e revistado por policiais do grupamento Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (ROCAM), do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM). O acusado foi detido na noite de segunda-feira dia 31, por volta das 23 horas e 30 minutos.

Uma pessoa que estava na festa nos informou que foi até o banheiro e viu quando um rapaz de camisa vermelha e chapéu preto deixou aparecer um revólver na cintura.

Minutos depois avistamos o suspeito, fizemos a abordagem e, durante revista pessoal, encontramos, na cintura do mesmo, um revólver calibre 38 contendo seis munições intactas”, informou o soldado Geconias.

O policial militar informou ainda que dois aparelhos celulares foram encontrados em um dos bolsos da bermuda do suspeito. “Dentro de um dos celulares, atrás da bateria, estavam duas ‘petecas’ de pasta base de cocaína, disse o soldado Geconias.

O suspeito foi levado para a delegacia de Castanhal, onde o delegado Machado Serrão de Castro o autuou, em flagrante, por crime de porte ilegal de arma de fogo.

Darley Ribeiro da Silva preferiu não dizer o que planejava fazer com o revólver, que estava com a numeração raspada. Ele ficou de ser encaminhado para o Centro de Recuperação de Castanhal (CRCAST), para ficar à disposição da justiça.

Reportagem: Tiago Silva

DUPLA É PRESA POR ASSALTO A MÃO ARMADA EM SÃO FRANCISCO DO PARÁ




Antônio Enrique Bezerra, 22, e Felipe Lima dos Santos, de 25 anos, são acusados de terem roubado um aparelho celular. O crime foi praticado na noite de anteontem, na localidade de Jambu-Açu, zona rural do município de São Francisco do Pará, no nordeste paraense.

O objeto roubado teria sido encontrado com os acusados, que foram detidos por uma equipe da Polícia Militar, formada pelos cabos Câmara, F. Silva, Adriano e soldado França.

A vítima, uma jovem de 23 anos de idade, disse à polícia que caminhava tranquilamente em via pública quando, por volta das 19 horas, foi abordada por dois homens, que estavam em uma moto modelo Fan 150, de cor vermelha.

“Eles apontaram a arma em minha direção e disseram que era um assalto. Eu dei para eles o meu aparelho celular e depois fui correndo até o destacamento de Jambu-Açu e acionei a polícia”, contou a vítima.

Em menos de uma hora, a dupla foi interceptada na saída de São Francisco do Pará. “Fizemos a revista e, com um dos acusados, encontramos um revólver calibre 38 contendo uma munição intacta no tambor. Com outro suspeito encontramos o aparelho celular, que havia sido roubado da jovem”, relatou o cabo Câmara da Polícia Militar.

Os acusados, Antônio Enrique Bezerra e Felipe Lima dos Santos foram apresentados na delegacia de Polícia Civil de São Francisco do Pará. Eles preferiram não falar nada à imprensa.

“O delegado informou que iria autuar eles por crime de assalto a mão armada. Os mesmos ficaram de ser transferidos para o presídio de Castanhal”, informou o sargento Edmar da Polícia Militar.

Reportagem: Tiago Silva

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Polícias Civil e Militar prendem em flagrante autor de estupro em Curuçá




As Polícias Civil e Militar prenderam, nesta terça-feira, 1º, em flagrante, por crime de estupro, Alan Pinheiro Araújo. Ele é acusado de violentar sexualmente uma adolescente de 15 anos, em Curuçá, no nordeste paraense. A prisão dele foi realizada por policiais civis e militares após denúncia da prática criminosa.

O caso foi apresentado inicialmente na Delegacia do município. Após o procedimento de flagrante, o acusado foi transferido ao presídio do Centro de Recuperação Regional de Castanhal, para ficar recolhido à disposição da Justiça.

Blog do Odecy Guilherme
Com informações da Polícia Civil do Pará

MATADOR PERIGOSO E PRESO EM SÃO MIGUEL DO GUAMÁ




A Policia Civil de São Miguel do Guamá, no nordeste paraense prendeu no Domingo dia 30, Leandro Gomes de Moura, vulgo Siri ou Cirilo, ele tinha um mandato de prisão expedido pela justiça por homicídio qualificado e tentativa de homicídio na data 7 de Dezembro de 2014.

Leandro, vulgo "Siri, elemento da, mas alta periculosidade, ano passado, após fugir da cadeia matou friamente um rapaz e ainda baleou a namorada da vítima, que até hoje sofre com as sequelas do tiro que recebeu.

Espero que a justiça de São Miguel do Guamá, julgue logo esse caso para que gente dessa estipe seja expurgado do convívio social. O acusado está preso, a disposição da justiça.